Objetivos e metas: o que são, as diferenças, como definir

by | Atualizado em 1 de Outubro de 2021

  1. Início
  2.  » 
  3. Viagens Interiores
  4.  » 
  5. Motivação & Objetivos
  6.  » Objetivos e metas: o que são, as diferenças, como definir
Definir Metas e Objetivos

A possibilidade de formular objetivos e metas congruentes, que permitam alcançar os resultados que fazem mais sentido para cada um de nós, é algo valioso para a vida das pessoas e das empresas. Imagine como seria poder alcançar os resultados que tanto deseja! Continue a ler o artigo para saber mais sobre o tema:
A importância de ter objetivos torna-se mais clara quando ganhamos a consciência de que, os resultados são largamente influenciados pela nossa capacidade de formular objetivos. Sabia que, o potencial de um bom objetivo se mede pela estrutura que é capaz de nos fornecer ao longo do processo?

A essência desta metodologia assenta no pressuposto de que cada pessoa tem em si mesma a capacidade de encontrar as suas próprias respostas e a capacidade de construir o seu próprio caminho, atingindo as metas para alcançar os seus objetivos.

O que é um Objetivo?

Muitas pessoas falam do que não gostam e não querem, algumas pessoas falam do que chamam desejos, intenções, sonhos, objetivos, metas, ou alvos quando se referem àquilo que gostam, querem, ou vão alcançar nas suas vidas. Todos tendemos a querer algumas coisas, será que isso são objetivos?

A primeira etapa antes de começar a definir objetivos e metas, talvez passe por conhecer alguns pressupostos de uma boa definição de objetivos e perceber a um nível mais profundo que existem diferenças entre sonhos, objetivos e metas (definir objetivos: 6 coisas que vai querer saber).

♦ Os Sonhos

É vulgar alimentarmos uma espécie de fantasia à cerca de alguma coisa de que gostamos sem, no entanto, a levarmos muito a sério. Por outras palavras, é fácil romancearmos uma ideia à volta de um desejo, mas nem sempre acreditamos que este se possa tornar realidade. Aqui, estamos a falar de sonhos. Os sonhos tendem a ser pouco claros e específicos e, muito poucas vezes, levamos a cabo ações concretas com a intenção de os concretizar.

Exemplo de Sonho – Vamos considerar como exemplo o João cujo sonho sempre foi viajar pelo mundo e descobrir culturas e paisagens diferentes. O João tinha este sonho há anos, mas apenas conhecia 2 ou 3 países da Europa. A verdade é que, ao longo do tempo, foi adiando os seus desejos e também nunca fez grande coisa para os concretizar.

♦ Os Objetivos

Um objetivo define um propósito de concretização, ou seja, indica com clareza aonde se quer chegar e em que posição vai querer estar num futuro mais ou menos próximo. Assim, o objetivo é o guia que faz com que o sonho se possa transformar em realidade.

 

Objetivo: “Aquilo que se pretende alcançar, conseguir ou atingir. = ALVO, FIM, PROPÓSITO”

Dicionário Priberam

 

Em muitos casos, para que um objetivo seja atingido é necessário que se cumpram vários requisitos. Por essa razão, os objetivos são muitas vezes repartidos em pequenas metas.

Exemplo de Objetivo –O João saturado de falar do seu sonho sem nada fazer, decidiu transformá-lo num objetivo específico: Conhecer 3 países (Vietnam, Costa Rica e São Tomé) em 3 continentes nos próximos 3 anos, para ampliar o seu conhecimento à cerca de outras culturas e ambientes.

Mas, para concretizar o seu objetivo, o João vai necessitar de garantir alguns requisitos:

  1. Recolher a informação necessárias junto de agências e blogs de viagens (custo de vida, custos de alojamento e viagens para os respetivos países) para poder estabelecer um plano;
  2. Poupar dinheiro suficiente para realizar cada uma das viagens;
  3. Conseguir no mínimo 3-4 semanas de férias seguidas em cada ano, para fazer as viagens.

Para satisfazer esses requisitos, o João vai precisar definir algumas metas.

♦ As Metas

As metas são marcos que devem ser superados ao longo do caminho, para que seja possível atingir o objetivo desejado.

Uma meta é um objetivo descrito de uma forma quantificada, que se traduz em tarefas específicas e que precisam de ser realizadas num determinado prazo para se alcançar um dado objetivo.

Exemplo de metas: Para levar a cabo o seu objetivo e garantir que consegue cumprir os requisitos, o João definiu algumas metas:

  1. Pesquisar agendas de viagens de forma a encontrar as condições mais favoráveis;
  2. Conhecer os custos da 1.ª viagem;
  3. Arranjar um part-time fora do seu horário de trabalho para aumentar o seu rendimento
  4. Definir uma data alvo para fazer a viagem;
  5. Negociar um plano de pagamentos junto das agencias de viagens;
  6. Fazer um plano de poupança mensal para poder cumprir os pagamentos nas datas especificadas;
  7. Partilhar o seu objetivo com o seu chefe e colegas para, com a antecedência necessária, garantir a possibilidade de ir de férias no período que deseja.

Sem atingir as suas metas, o João não garantirá os requisitos do seu objetivo.

A importância de ter objetivos

Já se imaginou num barco à deriva, no meio do mar, sem ver terra no horizonte, e sem saber para onde ir? Uma vida sem objetivos é como um barco sem rumo nem orientação, onde a força das marés, as correntes e o vento determinam o seu curso. Neste cenário, a possibilidade de chegar, ou não, a um bom porto não está na mão dos tripulantes, depende apenas do contexto marítimo.

Os objetivos quando bem formulados e estruturados são como um GPS, pois dotam a vida das pessoas e das empresas de um sentido de propósito, que têm a capacidade de nortear as suas ações. Os objetivos são importantes porque constituem um motivo para andar num dado sentido, correr atrás, viver e estar bem.

 

“Sem sonhos, a vida não tem brilho. Sem metas, os sonhos não têm alicerces. Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais. Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos. Melhor é errar por tentar do que errar por se omitir!”

Augusto Cury

 

Os objetivos devem ter uma razão de ser

Um objetivo só é suficientemente sedutor se for importante e tiver um significado especial. Ora, isto quer dizer que os objetivos precisam de ter um motivo (um porquê) que o mobilize à ação, ou seja, carecem de um contexto motivador.

Imagine-se na situação que deseja e perceba que sensações é que isso desperta em si. Dessa forma, poderá perceber se o objetivo traçado é mesmo congruente e mobilizador. Sinta o pulsar das suas razões e dê o primeiro passo para alcançar o que quer. Se não houver um motivo forte, nada o fará levantar-se da cadeira!

As palavras que usa na formulação de um objetivo contam

♦ Deixe claro qual é o seu objetivo

Na formulação de objetivos e metas deve ter atenção a alguns aspetos. O primeiro é que um objetivo deve estar claro para todos os envolvidos. Caso se tratem de objetivos de equipa, todos os elementos devem ter um conhecimento claro do objetivo a alcançar e das implicações associadas. Se se tratar de um objetivo individual é importante que perceba e assuma com clareza que impactos terá nas outras áreas da sua vida.

♦ Use expressões positivas e de conquista para formular o que quer alcançar

Para além de deixar claro qual é o objetivo, é importante que use expressões positivas e de conquista na formulação linguística do que quer alcançar. Por exemplo: Aumentar Vendas, Elevar autoconfiança, Melhorar a forma física, Respirar melhor, Implementar um processo melhor, Saber mais, Ganhar mais conhecimento, Lançar um novo produto com sucesso, etc.

Lembre-se que as palavras ecoam dentro de si e produzem sentimentos.

Use um método confiável na definição de metas

Uma das técnicas mais utilizadas na definição de objetivos é o Método SMART. A sigla é formada pelas iniciais (em inglês) das caraterísticas que metas e objetivos bem formulados devem apresentar (saber mais sobre metas e objetivos SMART):

– S – Specific (específico): os objetivos e metas devem ser definidos com clareza e especificidade;

– M – Measurable (mensurável): é fundamental que os objetivos e metas sejam quantificáveis e possam ser medidos, para que seja possível fazer uma avaliação do seu cumprimento;

– A – Attainable (atingível): pouco adianta especificar um objetivo se este não for possível de ser alcançado, ou não se acreditar nessa possibilidade e, é por isso, que as metas e objetivos devem ser atingíveis;

– R – Relevant (relevante): devem ser relevantes, ter um significado importante;

– T – Time Based (definido no tempo): é necessário que haja um limite temporal, um prazo determinado para que a meta seja cumprida.

Objetivos e Metas Smart

Tenha um plano de ação

Talvez a esta altura já se tenha dirigido a si mesmo e se tenha questionado: O que é que eu quero realmente? Como é que quero evoluir e crescer enquanto pessoa? Onde é que quero chegar?

Sabendo a resposta, pode transformá-la num objetivo formulado de modo positivo e especifico, inserido num contexto sedutor, que seja ecológico com outras áreas da sua vida e, também que dependa de si. Se já sabe o que quer é hora de entrar em ação. Não haverá resultado, se não houver ação e, por isso, é tão importante definir um plano.

Um plano de ação responde a algumas questões básicas e que vêm reforçar a consistência do objetivo SMART:

– O Quê? O que se propõe fazer, ou que melhoria vai implementar.

– Porquê? Qual o resultado esperado.

– Quando? Definir prioridades, datas para a realização das tarefas, um prazo para atingir o objetivo.

– Como? Quais os procedimentos que vai adotar, que tarefas vão ser levadas a cabo, quem as vai realizar e quem vai estar envolvido no processo.

Acompanhe e Monitorize os resultados 

Quando se formulam objetivos é essencial que estes possam ser medidos e que se possuam indicadores de acompanhamento. A definição de metas vai possibilitar a medição de resultados, pois o cumprimento das sucessivas metas servirá de indicador da evolução.

Com certeza, a dada altura, vai querer saber se está, ou não, no caminho certo. Isto é, se está a obter os resultados previstos, ou se vai precisar de ajustar alguma coisa no seu plano de ação, para melhorar o desempenho. Por essa razão, ter indicadores de desempenho, e medir os resultados, é fundamental quando se quer atingir objetivos.

Há atitudes que ajudam a atingir objetivos

Agora que chegou até aqui, já sabe que quando se trata de definir e atingir objetivos o primeiro passo é saber especificamente o que quer alcançar. Por isso, defina o seu objetivo, partilhe-o com as pessoas em quem confia, e leve o compromisso a sério.

O segundo passo é organizar e planear, ou seja, definir um plano de ação, organizar as tarefas necessárias e trabalhar com disciplina na sua implementação.

A seguir, lembre-se que, na vida, é essencial manter uma atitude positiva. Isto significa que é importante acreditar nas suas capacidades, e deixar-se de comparações com outras pessoas e outras histórias. Cada pessoa tem o seu percurso, o seu ritmo, o seu tempo e o seu objetivo.

Depois, há que alimentar o foco e fazer o acompanhamento dos indicadores de desempenho para poder medir os resultados. Esta é também uma boa forma de se manter motivado e focado no seu objetivo. Pois, á medida que vai constatando a evolução positiva, esta poderá reforçar a crença na possibilidade de concretização do seu objetivo. É assim que se alimenta a auto-motivação e também a perseverança tão necessária na hora de ultrapassar desafios.

Definir Metas e Objetivos

Texto e Imagem | Té Monteiro

Redes Sociais

A Autora

Té MonteiroTé Monteiro
A minha intenção é inspirar pessoas a descobrirem o Happy Flow das suas vidas!

Artigos Recentes

® Marca Registada

Happy Flow é uma marca registada ®. Todas as publicações são da autoria de Té Monteiro. Quando assim não é, damos os devidos créditos ao autor. Obrigado por apoiar o nosso trabalho.

Artigos Relacionados

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

redes sociais

Newsletter

Receba as Novidades

Pin It on Pinterest