Já imaginou como seria bom poder relaxar quando se sentisse mais agitado? Imagine como seria extraordinário, descobrir agora uma maneira eficaz de comunicar com a sua mente inconsciente. Já pensou como seria conseguir fazer certas coisas com mais facilidade? Talvez recarregar as suas baterias e tomar decisões. Quem sabe alterar o seu estado emocional, libertando-se de emoções negativas. Talvez serenar-se, quando se sente mais agitado ou adormecer com mais facilidade. O que quero partilhar consigo é um método de relaxamento que torna isso possível e é uma maneira efetiva de melhorar os resultados da sua comunicação com a sua mente inconsciente. O método de indução de Betty Erickson é um processo simples de auto-hipnose, fácil de apreender, e com várias utilidades. Relaxe, enquanto descobre mais sobre este método de relaxamento.

 

O lado inconsciente da mente

Quando começamos a dar tarefas ao nosso inconsciente, podemos conseguir resultados bastante surpreendentes. Sabendo que, a parte inconsciente da nossa mente é uma espécie servidor que guarda um conjunto de recursos impressionante, pode perceber agora que o inconsciente sabe como fazer todos os processos que já alguma tenha aprendido sem precisar de agir conscientemente sobre eles: respirar, relaxar, dormir, tomar decisões e muito mais. E, isso, quer dizer que é possível fazermos mudanças enquanto dormimos ou relaxamos!

Aquilo que precisa de saber é agir como se soubesse o que fazer e confiar que o seu inconsciente saberá como lidar com a situação no momento próprio. Lembrando-se de usar a indução de Betty Erickson para aceder aos recursos do inconsciente. Parece fácil, não é?

 

O inconsciente em ação

Há um tempo, estava bastante tensa com a ideia de tomar uma determinada decisão no âmbito da minha vida profissional. Sentia que não estava a conseguir decidir e não sabia muito bem o que fazer. A minha mente consciente, estava cansada com as tantas conjecturas e avaliações de prós e contras. Nenhuma das opções parecia suficientemente boa, a indecisão estava a instalar-se e já não estava a conseguia relaxar. Foi então que me lembrei de algumas aprendizagens que fiz enquanto praticante de PNL: a importância do inconsciente e o processo de indução de Betty Erickson. Nessa noite, antes de dormir, fiz o seguinte:

Pedi ao meu inconsciente que tomasse a melhor decisão possível e que me informasse no dia seguinte.
Dormi sobre o assunto
No dia seguinte, sem pensar mais sobre isso, a decisão surgiu naturalmente como se sempre estivesse estado lá. Eu sentia que sabia, dentro de mim, de uma forma congruente que o processo de decisão estava fechado e estava bem com isso. A minha mente inconsciente tinha encontrado a resposta às minhas dúvidas e decidido de uma forma ecológica para mim de uma forma eficaz. Mais eficaz que a minha mente consciente.

 

O método de indução Betty Erickson

O método de indução Betty Erickson é um processo que nos permite aceder a um estado muito relaxado e que, por isso, facilita a comunicação com o nosso inconsciente.

Pode ser usado apenas como método de relaxamento ou com um outro propósito mais específico.

Este método de relaxamento utiliza apenas como recursos alguns estímulos visuais, auditivos e cinestésicos.

 

LOCAL PARA FAZER O PROCESSO

Para a prática deste método de relaxamento, comece por encontrar um lugar tranquilo, onde se possa manter numa posição confortável durante o tempo da prática para que possa relaxar o seu corpo (sofá, cadeira, cama,…).

 

TEMPO DE DURAÇÃO

Determine a duração que pretende dar à esta prática e diga-o para si mesmo (p.e. “Eu vou fazer este processo durante 15 minutos…”). E vai ficar surpreendido quando descobrir como o seu relógio interno consegue controlar o tempo por si, mesmo sem relógio de pulso.

Pode definir qual a duração do tempo em quer de ficar nesse estado relaxamento.

Alguns minutos, se o objetivo for mudar rapidamente a forma como se está a sentir e alcançar um outro estado emocional;
Algumas horas, se o objetivo for relaxar, adormecer e manter o sono até ao dia seguinte.

 

INTENÇÃO E OBJETIVO

Defina para si mesmo qual o propósito com que vai fazer este processo, e o qual o seu objetivo específico (p.e. serenar, relaxar, dormir profundamente, tomar uma decisão no dia seguinte, estar mais motivado para a prática de exercício físico, aceitar uma dada situação,…).

Pode decidir a que estado emocional quer aceder quando acabar o tempo do relaxamento e diga-o para si mesmo “quando eu sair do estado de relaxamento quero estar …” (p.e. alerta, confiante, tranquilo, renovado,…).

 

PROCESSO DE INDUÇÃO

 

1. Comece por relaxar

Comece a relaxar dando uma respiração profunda. E, procurando focar um ponto acima dos seus olhos e comece a direcionar a sua atenção para o exterior.

 

2. Repare em 3 estímulos visuais

Comece por reparar que nalguns estímulos visuais. Repare em três coisas que estejam no seu raio de visão, uma coisa de cada vez (talvez um parafuso na parede da parede, os raios de sol a entrarem pela janela, um objeto, …).

Quando fizer sentido para si, pode fechar os olhos e, nesse caso, poderá continuar a aceder aos recursos visuais, imaginando-os.

Diga para a si mesmo: “Eu vejo …, eu vejo … e eu vejo …”

 

3. Repare agora em 3 estímulos auditivos

Permita-se agora reparar em 3 coisas que consiga ouvir, notando uma de cada vez (talvez o vento, o ruído de um carro, o vento, alguém a falar, …). Se não conseguir ouvir nenhum som no ambiente, procure ouvir a sua imaginação.

Diga para si mesmo o que está a ouvir: “Eu ouço …, eu ouço … e eu ouço …”

 

4. Dê conta agora de 3 sensações físicas

Leve a sua atenção até ao que sente no seu corpo, permitindo-se reparar em 3 coisas que está a sentir, uma de cada vez. (p.e. os pés a tocarem no chão, as mãos a tocarem nas pernas, a língua na sua boca, a sua barriga a subir enquanto inspira, o ar a sair pelo seu nariz, as costas a tocarem na cadeira, ou no colchão,…)

Diga para você mesmo: “Eu sinto … , eu sinto … e eu sinto …”

 

5. Permita-se serenar

Permita-se serenar e relaxar enquanto você prossegue o exercício. Se observar que a sua mente se distraiu com algum outro pensamento, saiba que isso é normal e que faz parte do processo que estamos a cultivar. E, então calmamente conduza a sua mente de volta ao processo e comece de novo com as últimas 3 coisas em que viu, ouviu ou sentiu.

 

6. Continue procedendo de maneira semelhante

Continue o processo de maneira semelhante até completar os mesmos passos para:

  • 2 imagens, 2 sons, 2 sensações
  • 1 imagem, 1 som, 1 sensação

 

Se quando chegar ao fim deste processo, o seu relógio interno não tiver despertado, pode continuar de forma semelhante. Confie que sua mente inconsciente está a trabalhar para si, enquanto vai executando o processo, como uma aplicação a trabalhar em segundo plano.

No final, pode conduzir a sua consciência até às suas mãos e observar qual das duas sente mais leve. E, quando o perceber, pode imaginar essa mão a tocar-lhe no rosto transmitindo-lhe serenidade. E, depois, deixe-se conduzir por essa sensação, até alcançar o estado emocional que definiu como o desejado para quando saísse do processo.

 

Texto | Té Monteiro

Fotografia | Shahariar Lenin

Newsletter!

Registe-se agora e receba inspiração, dicas e as novidades Happy Flow na sua caixa do correio.

Recebemos o seu pedido de registo. Confirme, por favor, a subscrição no e-mail que lhe enviamos.

Pin It on Pinterest

Share This