O início de cada novo ano tende a despertar em nós a ideia de novidade e a possibilidade de novos começos, o que quer que isso possa significar para cada um de nós. Talvez seja por isso que, na passagem de ano, muitas pessoas, enumeram os seus desejos e, algumas outras procuram definir objetivos para o novo ano.

 

12 badaladas, 12 passas e 12 desejos…

A cada fim de ano há uma página do livro das nossas vidas que se vira. Há uma porta que se fecha e para trás fica o ano velho. Mas, há uma nova porta que se abre a eventuais novos percursos e redobradas esperanças que o ano novo pode trazer.

A chegada do novo ano é a época em que, as nossas mentes tendem a ficar preenchida com muitas ideias, talvez grandes ambições de mudança, bonitas intenções e novos compromissos.

Às 12 badaladas da meia-noite de 31 de Dezembro, para muitos é tradição comerem-se as 12 passas da sorte, à medida que se enumeram mentalmente os 12 desejos para o ano seguinte. Será este o ato de definir objetivos para o novo ano? Talvez não!

Muitas vezes, o entusiasmo que colocamos nesses desejos não vai muito além de um sonho que se desvanece em poucos dias. A atenção desvia-se do sonho e a intenção acaba por se perder na azafama das semanas seguintes. E, não raras vezes, decorrido mais um ano, damos por nós a repetir a tradição e formulando quase os mesmos desejos do ano anterior, sem que sequer tenhamos consciência disso.

 

Se tu não mudares, é provável que tudo fique na mesma…

Talvez isso queira dizer que, não basta sonhar. Formular desejos não chega para os tornar realidade. É importante transformar os sonhos em objetivos e agir. Sim, é preciso entrar em ação! É determinante colocares emoção e ação em cada objetivo, para que possas alcançar as metas que conduzem à concretização dos teus sonhos.

Aquilo que te quero dizer é que, se nada alterares no teu comportamento, se continuares a agir do mesmo modo, a fazer as mesmas coisas e da mesma maneira, o mais provável é que o ano novo não te traga nada de novo. O mais provável é que, os teus resultados sejam idênticos aos do ano anterior. Dessa forma, é possível que possam surgir oportunidades que nem sequer consigas identificar e, por isso, acabarás por deixá-las passar em branco.

 

Escolhe como vais entrar no novo ano…

Há muitas formas de entrar no novo ano. Há muitas coisas que podes escolher. Podes escolher a roupa que vais vestir na passagem de ano, o lugar onde vais estar à meia-noite do dia 31 de Dezembro. Podes escolher se vais ter na mão uma taça de espumante ou, se vais comer as 12 passas, ou não. Mas, o mais importante é poderes escolher a atitude com que queres entrar no novo ano. Sobretudo, qual a atitude com que o vais viver o ano. Por isso, quero desafiar-te a perceberes qual das três atitudes faz mais sentido para ti:

A) Deixar a vida correr e ficar à espera de que o próximo ano te traga algo especial.

B) Acreditar que a universo vai funcionar a teu favor e que, no próximo ano, vais fazer por conseguir ter uma vida boa.

C) Estar consciente que o mundo à tua volta vai trazer os desafios que tiver de trazer e que, estarás lá para lidar com isso na tua melhor versão, porque a tua vida acontece através de ti.

 

Não precisas de mudar só porque sim…

A minha intenção agora é lembrar-te, que os teus resultados dependem em grande medida da intenção que colocas naquilo que fazes. Ou seja, dependem do que pensas, do que sentes, do teu comportamento, das tuas escolhas… das tuas ações. No fundo, de tudo aquilo que fazes e que escolhes deixar de fazer. Pois, é apenas isso que podes escolher. O desafio de estar vivo é lidar com os desafios da vida, e os resultados são a consequência da forma como lidamos com ela.

Se achas que a tua vida está na versão que mais te agrada, isso é maravilhoso. Podes aproveitar o novo ano para desfrutar da situação, e continuar a descobrir a forma como lidas com o inusitado da vida. Está tudo bem, não tens de mudar só porque sim! Não precisas de mudar só porque toda a gente parece querer mudar alguma coisa. Por outro lado, se acreditas que faz sentido fazer algo diferente e queres fazer um upgrade para uma nova versão de ti mesmo e da forma como te relacionas com a tua vida, então isso é ótimo! A chegada de um novo ano pode ser uma oportunidade incrível para operacionalizares essa mudança. E, nesse caso, agora é um bom momento para começares a definir objetivos para o novo ano de 2020.

 

Definir objetivos para o novo ano é dar forma aos sonhos…

E se queres mesmo concretizar desejos, fazer mudanças e alcançar objetivos é importante que possas manter presente aquilo que vou partilhar contigo agora. Pois, talvez este seja o momento certo para definir objetivos para o novo ano. E, podes transformar agora os teus sonhos em objetivos atraentes, lembrando-te destas 8 dicas.

 

1. Os sonhos não são objetivos.

Os sonhos são vagos. Um objetivo é algo específico, que pode ser medido, que acreditas que pode ser atingível num determinado espaço de tempo, e que é relevante para ti.

 

2. Um objetivo é uma formulação positiva da tua vontade.

Por outras palavras, um objetivo é algo que queres alcançar e não é apenas a expressão daquilo que não queres mais na tua vida.

 

3. Os objetivos têm a ver contigo.

Os objetivos que defines devem ter a ver contigo, e depender em boa medida daquilo que podes fazer para os alcançar. Porque, o mundo à tua volta será o que tiver de ser e não o podes controlar. Mas, podes escolher o que fazes com aquilo que te acontece.

 

4. Muitos objetivos ao mesmo tempo irão dispersar a tua atenção.

Definir muitos objetivos em simultâneo geram, não só, uma dispersão da atenção como também repartem a energia que podes colocar em cada um. Por isso, talvez seja melhor focares-te naquilo que for mais significativo para ti e investires aí a tua energia.

 

5. É importante que tenhas um plano de ação.

Para alcançar metas e objetivos é determinante ter um plano de ação que responda a algumas questões: O quê? Como? Quando? Porquê?

Estas respostas serão como guias das tuas ações. Pois, definem o que vais fazer, como e até quando o farás, e manterão vivas as razões pelas quais o estás a fazer.

 

6. Definir pequenas metas vai ajudar-te.

Depois de definir objetivos para o novo ano, podes dividir os teus objetivos em pequenas metas. Dessa maneira, vais garantir que se torna mais fácil perceber a que ritmo te estás a aproximar da concretização daquilo que queres.

 

7. É importante manter a flexibilidade e aceitar que há dificuldades.

É importante que mantenhas a flexibilidade e que possas aceitar que, às vezes, é necessário rever a estratégia inicial. Se aquela que escolheste seguir não estiver a resultar como esperavas, podes rever o teu plano de ação. A forma como lidas com o que estás a obter faz a diferença.

 

8. Regista o compromisso partilhando os teus objetivos com outras pessoas.

Dar a conhecer os teus objetivos às pessoas que te são próximas irá ajudar-te. Quando partilhas os teus objetivos com outras pessoas assumes um compromisso com a concretização do teu objetivo. Partilhar com o mundo as nossas intenções é como um ato de registar um contrato connosco mesmos. E, ao mesmo tempo, saberás que podes contar com alguém para te incentivar nos momentos mais desafiantes.

 

É importante que saibas no teu íntimo…

Agora que chegaste até aqui, é importante que percebas a um nível mais profundo que, o ano 2020 – tal como todos os outros – será fortemente influenciado pela forma como o vais encarar, pelo significado que vais atribuir a cada novidade, pelas tuas escolhas e pelas tuas ações. O resto são eventos que não dependerão de ti.

Não podes controlar o mundo, mas podes escolher qual o teu papel nesse mundo e forma como lidas com este. Lembra-te de encontrares oportunidades para te sentires Feliz. Lembra-te que o mais importante és tu e que, o que é importante é o que for mais importante para ti.

Feliz Ano Novo!

 

Esta publicação faz parte de uma secção de artigos sobre objetivos. Se ficou interessado, leia também:

 

Texto | Té Monteiro

Fotografia | Free-Photos

Newsletter!

Registe-se agora e receba inspiração, dicas e as novidades Happy Flow na sua caixa do correio.

Recebemos o seu pedido de registo. Confirme, por favor, a subscrição no e-mail que lhe enviamos.

Pin It on Pinterest

Share This